Português Italian English Spanish

Como é feita a recarga e manutenção de extintores de Incêndio.

Como é feita a recarga e manutenção de extintores de Incêndio.


As regras de proteção contra incêndio exigem manutenção regular de extintores de incêndio, aqui você conhece as principais regras e ao que ficar atento.

Como é feita a recarga e manutenção de extintores de incêndio?

As regras de proteção contra incêndio exigem manutenção regular de extintores de incêndio, aqui você conhece as principais regras e ao que ficar atento.

Por Skoop. 

Eles estão presentes em quase todos os lugares. Nos espaços fechados, nos ambientes de trabalho, no carro, nos transportes públicos, nas casas de shows, nos corredores dos prédios. Os extintores de incêndio são itens obrigatórios por lei para a segurança de todos. Mas sua presença é tão naturalizada que, às vezes, nem chega a ser notada, e, infelizmente, é até mesmo esquecida. O que acende um alerta vermelho quanto aos cuidados e manutenção do instrumento de segurança. Estar ciente sobre a validade do produto, a manutenção técnica e até o manuseio é fundamental para não ser pego de surpresa em situações de perigo. 

 Regras e obrigatoriedades primárias 

 As normas regulamentares de proteção a incêndio discriminam a quem e onde a aquisição de extintores é obrigatória. Em geral, o uso é determinado para ambientes de grande circulação de pessoas ou de risco de atividade. Além disso, também especificam em classificações de acordo com cada tipo de incêndio. O conhecimento sobre tudo isso é preliminar a compra do produto e evita gastos equivocados.  

 Depois de compreendida as exigências, o próximo passo é a aquisição segura e a manutenção regular do equipamento.  

 O Selo do Inmetro determina 

  •  Esse, em si, é a etapa primária e indispensável para a compra de extintores de incêndio. O Selo de Conformidade do INMETRO assegura a qualidade do equipamento e a sua eficiência. Ele também se estende a empresas de manutenção. Por isso, procure sempre produtos legalizados e empresas credenciadas que sigam todas as orientações estipuladas. 
  •  O Selo é a certificação de que o equipamento está com todas as regras em dia. Portanto, ele deve ser trocado a cada manutenção e marcado com informações importantes, tais como data de realização e prazo de vencimento da próxima revisão.  
  •  O Selo é a única forma de você garantir o cumprimento das normas e não ser punido por negligência. Por essa razão, evite negociar com quem não segue todas as regras, pois é o caminho mais rápido para o prejuízo. 

 Como funciona a manutenção?   

 Como já foi explicado, é fundamental conhecer a procedência do equipamento e assegurar o cumprimento de todas as normas. Feita a compra, o principal dever está na manutenção dos extintores de incêndio. Neste sentido, é importante saber que cada unidade deve ser recarregada anualmente. E vale ressaltar que é independente do uso.  

 Para eficiência do produto, ele precisa ser averiguado constantemente para análise de desempenho de todas as suas funções. A recarga completa é anual, no entanto, o CO2 deve ser inspecionado de seis em seis meses e, quando necessário, recarregado.  

 A mesma inspeção detalhada serve para as mangueiras. Estas devem ser observadas e passar pelo teste hidrostático durante a manutenção.  

 O não cumprimento dessas regras reflete em responsabilidade jurídica no caso de um acidente ou denúncia. Portanto, é um compromisso exclusivo do detentor e responsável pelo equipamento e não deve ser ignorado.   

 Dicas para um bom orçamento! 

 Muitas vezes, normas de segurança são relativizadas diante dos custos necessários para o seu cumprimento. Mas, evidentemente, existe uma grande chance dessa decisão resultar em danos maiores e mais caros para todos os envolvidos.  

 Dessa maneira, a melhor dica em relação à compra e manutenção de extintor de incêndio está em uma boa pesquisa de preços. Procure por referências no mercado, conheça os serviços oferecidos e desconfie de orçamentos muito abaixo da média.  

 Em seguida, tente negociar de acordo com a quantidade de extintores e serviços necessários. Pode acontecer de você optar por postergar alguma etapa que ainda esteja no prazo. Entretanto, quando colocada no pacote, ela pode sair até mais barata do que feita separadamente. Fique atento quanto a essas possibilidades de vantagens orçamentárias. Elas ajudam muito no valor final.  

 Passo a passo de garantia:

  1. Empresa certificada pelo INMETRO; 
  2. Orçamento compatível com mercado;  
  3. Avalie os serviços necessários e os incluídos no orçamento; 
  4. Acompanhe a visita técnica e certifique-se da inclusão de todos os equipamentos na avaliação; 
  5. Não fique momento algum sem extintor, mesmo durante a manutenção (sobretudo em casos de condomínios e empresas); 
  6. Cheque todos os lacres de segurança e condições do equipamento depois da manutenção.