Português Italian English Spanish

Análise de Vibrações em Bombas de Incêndio -Sistemas não podem falhar quando solicitados.

Análise de Vibrações em Bombas de Incêndio -Sistemas não podem falhar quando solicitados.


Bombas que alimentam redes de hidrantes, sprinkler, ou outros sistemas que utilizam água para seu funcionamento, requerem programas de manutenção mais abrangentes, bem como rotinas de testes mais frequentes, uma vez que estes sistemas não podem falhar quando solicitados.

Os testes de acionamento de bombas são muito eficientes para avaliar os dispositivos de automação de motores, bem como as condições de funcionamento dos mesmo, mas estas avaliações são apenas sensitivas, ou seja, visuais e auditivas.

Um conjunto motor/bomba de incêndio é classificado genericamente como um equipamento “rotativo”. Sendo assim, existem ferramentas que podem nos dar uma avaliação “preditiva” da situação dos rolamentos/mancais do motor e da bomba d’água, inclusive de possíveis desalinhamentos do acoplamento entre motor e bomba.

A tecnologia da “Análise de Vibrações”, muito utilizada para equipamentos rotativos, também pode ser empregada para uma rápida análise deste conjunto rotativo, (motor elétrico/bomba d’água), objetivando investigar as velocidades criticas (frequências naturais Laterais, Axiais e Torcionais) emanadas deste conjunto.

A análise de vibração, como o próprio nome diz visa analisar as variações nas vibrações das máquinas, permitindo prever possíveis problemas que podem interferir no desempenho do equipamento, além de determinar quais peças necessitam de manutenção, muito antes de se tornarem críticas para ocorrência de uma falha grave.

Toda a máquina emite uma vibração quando está em funcionamento. No entanto, ao ultrapassar certos limites, é possível determinar através da análise se aquela vibração irregular está diretamente relacionada a alguma falha em um de seus componentes. Cada faixa de vibração indica um problema a ser corrigido: desbalanceamento, folgas mecânicas, eixo empenado, defeitos no rolamento, engrenagens defeituosas, falhas em polia, desalinhamentos etc.

Com o surgimento de equipamentos compactos, e de custo mais acessível como o “SKF Machine Condition Advisor”, um analisador de vibrações mecânicas que apresenta duas importantes leituras de vibração da integridade da máquina e uma medição de temperatura, fornecendo automaticamente alarmes quando as leituras de vibração da máquina excederem orientações da ISO 10816-3, representa para técnicos ou engenheiros de seguros uma ferramenta poderosa para a detecção de falhas em equipamentos críticos, como são a “Bombas de Incêndio”.

 Nas fotos acima podemos constatar falhas em desenvolvimento em uma bomba de incêndio com o uso do “SKF Machine Condition Advisor”, indicando:

 BOMBA:

  • Diagnóstico: Falha de rolamento, bem como desalinhamento. (A1).
  • Recomendação: Substituição do rolamento, inspecionar acoplamento e realinhar o conjunto.  

Motor:

  • Diagnóstico: Equipamento em condição normal.
  • Recomendação: Monitorar periodicamente.

Notas: [A1] - Falha em estágio inicial ou que não comprometa a operacionalidade do equipamento. Recomenda-se nesses casos apenas o monitoramento ou se for o caso intervenção em data oportuna.

CONCLUSÃO:

Um simples procedimento que não demanda mais que 02 minutos, pode prevenir uma falha grave de um equipamento crítico, exatamente na hora em que ele é mais necessário, ou seja, durante o combate a um incêndio real, onde será exigido ao seu máximo e por tempo que pode exceder horas initerruptas de funcionamento.

Por Adalberto Dalindo Consultor de Riscos & Seguros