Português Italian English Spanish

Tipos de Isolamento Térmico - Resistência ao Fogo - Escolha Correta e Indicações para cada Caso.

Tipos de Isolamento Térmico - Resistência ao Fogo - Escolha Correta e Indicações para cada Caso.


O isolamento térmico pode ser feito através de placas ou injetados de poliuretano (PU), por exemplo, em tetos, somente posicionando as placas de poliuretano na parte interior do telhado ou tubulações, injetando. Esse tipo de isolamento com poliuretano como matéria prima proporcionam excepcionais vantagens, como leveza, resistência, menor espaço ocupado, alta estabilidade e baixa condutividade térmica.

Dependendo da placa utilizada, pode-se obter isolamentos com temperaturas entre -40°C e +120°C. A espuma rígida de poliuretano é reconhecida como um dos mais competentes isolantes térmicos para uso em edificações. Sua propriedade de isolamento com baixas espessuras, pode oferecer, comparando-se com outros materiais, baixa condutividade térmica, baixo peso e alta resistência mecânica.

Além de tudo, o isolamento térmico feito com espuma de poliuretano disponibiliza a redução do consumo de energia elétrica. De acordo com especialistas, é possível obter uma redução do consumo de energia elétrica de 14% a 20% no isolamento térmico de paredes e de 36% a 42% na cobertura com telhas sanduíches.

Materiais usados no isolamento térmico:

Poliuretano;

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

Poliuretano é um material de isolamento térmico que proporciona diversas aplicações em indústrias de vários ramos. A mistura de poliol, isocianato e gás expansor podem ser diretamente injetados nas cavidades antecipadamente preparadas para receber a isolação térmica, ou podem vir em placas já preparadas. Ao reagir, o material se alastra e a própria dilatação causa o preenchimento de todas as lacunas, não permitindo que fiquem espaços vazios que proporcionam a condensação e aderindo firmemente a totalidade da área isolada, impedindo que o clima externo interfira no processo.

Indicado para:

Construção civil; Tubulações; Dutos; Tanques de Estocagem; Câmaras Frigoríficas; Túneis de Congelamento; Tanques de Gases.

Características:

- Atende às normas da ASTM-C-591, ABNT-EB-629 e Petrobrás N-1618.

- O poliuretano possui boa resistência química à maioria dos solventes e reagentes.

- Não apodrece, não mofa, não é atacado por insetos e roedores.

- Pode ser fornecido com retardante à chama, provendo maior segurança ao aplicador e à empresa.

- Aplicações rápidas e eficientes, causando pouca interferência nos demais processos industriais da empresa.

- Manutenção simples e rápida.

- A baixa condutividade térmica permite redução da espessura do substrato.

- Grande aderência provê rigidez estrutural.

- Proteção do equipamento contra intempéries do ambiente como chuvas, raios UV, poeira e respingos de produtos químicos.

Lã de Rocha;

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

Fabricada a partir de rochas basálticas especiais e outros minerais que, são aquecidos em torno de 1500ºC, além disso são transformados em filamentos que, aglomerados a soluções de resina orgânicas, permitem a fabricação de produtos com maior leveza e flexibilidade mesmo os muito rígidos, variando o grau de compactação.

Indicado para:

Construção civil; Industrial; Automotivos; Eletrodomésticos; entre outras.

Características :

- Incombustibilidade.

- Resistência ao Fogo.

- Segurança.

- Proteção pessoal.

- Favorável custo/benefícios.

- Absorção acústica.

Lã de Vidro:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

É um material isolante fabricado através de fibra de vidro, colocado de maneira a apresentar uma textura parecida com a lã. Lã de vidro é fabricada em forma de rolos ("mantas") ou em placas, com diversificadas propriedades térmicas e mecânicas. Possui aplicação, em tipos especiais, tanto em propriedades químicas, de baixa reatividade ao meio, como conformação mecânica, tendo mínimo risco de uso, também em laboratório, indústria e outros segmentos, como no aquarismo, sendo objeto filtrador .

Características:

- Suporta temperaturas até 450ºC (produtos resinados) e 550ºC (produtos isentos de resinas).

- Alto poder de isolação térmica;

- Excelente absorção acústica.

- Não propagam chamas.

- São imputrescíveis.

- Dimensionalmente estáveis mesmo em altas temperaturas.

- Fáceis de recortar e aplicar.

- Não absorvem umidade e não sofrem danos estruturais.

- São inquebráveis, reduzindo as perdas nas obras.

- Não são atacados por roedores ou insetos.

- Não atacam as superfícies com as quais estão em contato.

- Não depositam quando submetidos a vibrações.

- Ausência total de partículas não fibradas.

Espuma Elastomérica;

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

A isolação térmica feita com espuma elastomérica é indicada para temperaturas de operação variando de -50ºC a +105ºC, tendo como outras grandes aspectos como resistência ao fogo, baixa absorção de água e a possibilidade de ser aplicado mesmo com o equipamento/tubulação em operação.

Indicado para:

- Baixíssima permeabilidade ao vapor d´ água, um reforço extra à vida útil do produto.

- Elevada resistência à difusão do vapor d´ água garantindo longa vida útil.

- Espessura crescente à medida que aumentam os diâmetros dos tubos, garantindo o correto dimensionamento do isolamento.

- Material altamente flexível e de fácil aplicação, podendo ser facilmente cortado segundo as necessidades de aplicação.

- Qualidade homologada e certificada pelos mais reconhecidos organismos internacionais.

Poliestireno;

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

Plástico celular e rígido com diversidade de formas e aplicações, e que se exibi em forma de uma espuma moldada constituída por um aglomerado de grânulos. É muito aplicado em construção civil e na confecção de caixas térmicas de armazenagem de bebidas e alimentos. No mercado consumidor sua participação tem sido crescente, onde é destacada por sua leveza, sua capacidade de isolamento térmico e seu baixo custo. Para que a matéria seja produzida, é preciso passar por um processo de transformação física constituída de três fases: pré-expansão, armazenamento intermediário e moldagem.

Indicado para:

- Construção civil

- Tubulações

- Dutos

- Tanques de estocagem

- Câmaras Frigoríficas

- Túneis de congelamento

- Tanque de gases

Características:

- Atende às normas da ASTM-C-591, ABNT-EB-629 e Petrobrás N-1618.

- O poliuretano possui boa resistência química à maioria dos solventes e reagentes.

- Não apodrece, não mofa, não é atacado por insetos e roedores.

- Pode ser fornecido com retardante à chama, provendo maior segurança ao aplicador e à empresa.

- Aplicações rápidas e eficientes, causando pouca interferência nos demais processos industriais da empresa.

- Manutenção simples e rápida.

- A baixa condutividade térmica permite redução da espessura do substrato.

- Grande aderência provê rigidez estrutural.

- Proteção do equipamento contra intempéries do ambiente como chuvas, raios UV, poeira e respingos de produtos químicos.

Fontes: Kartam e Termobrás