Português Italian English Spanish

Passo a Passo para conseguir o AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros .(Cursos de Qualificação)

Passo a Passo para conseguir o AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros .(Cursos de Qualificação)


Seis diferentes aspectos são analisados, para se determinar a classificação das edificações ou áreas de risco, são eles:

A IMPORTÂNCIA DA PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS

 

Os danos causados por incêndios podem ser muito graves, podendo ser em alguns casos até fatais. Eles podem fazer grandes estragos na natureza, destruindo a fauna e a flora da área afetada.

Em áreas urbanas, existem casos que marcaram a história da sociedade. Não podemos deixar de lembrar do Edifício Joelma, que em 01 de fevereiro de 1974 pegou fogo no centro de São Paulo, deixando 187 mortos e 300 feridos. Um outro caso é o da Boate Kiss, em Santa Maria, Rio Grande do Sul. 242 pessoas morreram e outras 600 ficaram feridas.

A tragédia serviu para endurecer as leis de combate a incêndio fazendo com que qualquer edificação destinada a fins comerciais, ou de aglomeração de pessoas, precisem dispor de algum tipo de sistema de combate a incêndios e do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) para funcionar. O AVCB tem o objetivo de certificar que todos os sistemas necessários para aquela edificação estejam em conformidade com as normas e o projeto apresentado.

Um bom sistema de prevenção e combate a incêndio, além de proteger a vida de cidadãos que utilizam tais repartições, resguarda o patrimônio como edificações e equipamentos necessários para que uma indústria funcione. Muitas vezes, o maquinário tem um custo muito mais elevado do que a própria implantação de um sistema de combate a incêndios, por exemplo.

As seguradoras, por exemplo, exigem o sistema de combate a incêndios. Sem ele, as empresas não poderão se resguardar e ter acesso à cobertura de sinistros em casos de acidentes.

Vale lembrar que as classificações entre os sistemas são diferentes de acordo com as edificações, o que é preciso estar atento. Essa classificação, de acordo com Corpo de Bombeiros, é utilizada para determinar quais equipamentos de combate a incêndio devem estar presentes na edificação ou área de risco.

Os equipamentos variam de acordo com a classificação e suas variáveis. A necessidade pode ser a de instalar apenas alguns extintores (custo baixo), até a instalação de complexos sistemas de combate, como os sprinklers (custo alto).

Seis diferentes aspectos são analisados, para se determinar a classificação das edificações ou áreas de risco, são eles:

  • Ocupação ou uso;
  • Altura;
  • Carga de incêndio;
  • Área construída;
  • Capacidade de lotação;
  • Outros riscos especiais

 

Depois de classificada, define-se o tipo de sistema que será implantado. Além disso, um sistema eficiente de combate a incêndios pode dispor de:

  • Redes de hidrantes;
  • Extintores;
  • Corrimão;
  • Escadas com proteção adequada;
  • Detectores de calor;
  • Controle de fumaça;
  • Sprinklers;
  • Quadros de comando;
  • Alarmes visuais e sonoros;
  • Rotas de fuga;
  • Portas corta-fogo;
  • Iluminação e sinalização de emergência.

 

Para elaboração de um sistema eficiente, é preciso contratar um profissional devidamente credenciado no Corpo de Bombeiros e com registro no CREA para recolhimento das ART’s – Anotação de Responsabilidade Técnica. Ele irá avaliar a edificação, bem como sua finalidade e desenvolver um projeto que vai ser apresentado ao Corpo de Bombeiros. Só após a aprovação o projeto segue para execução, onde também será exigida uma ART de execução. Portanto, é um nicho de trabalho muito grande para Engenheiros Civis, Mecânico, Elétrico e de Segurança do Trabalho, pois sem eles não é possível conseguir o AVCB.

 

QUEM PRECISA DO AVCB?

Edifícios ou espaços comerciais, industriais, ou de prestação de serviços e os prédios de apartamentos residenciais são obrigados a possuir o sistema de proteção e combate a incêndios. O AVCB também um dos requisitos necessários. Caso o prédio não possua o Auto de Vistoria, o risco de acidentes é maior, além do fato de o local estar em desobediência com o Corpo de Bombeiros, sendo passível de multas e até interdição.

 

O QUE É PRECISO PARA CONSEGUIR O AVCB?

Para obtenção do AVCB, após concluído o processo de segurança contra incêndio e pânico, através do procedimento de projeto técnico simplificado ou projeto técnico, em conformidade com a legislação vigente do Corpo de Bombeiros, de modo a subsidiar as devidas instalações dos equipamentos de segurança contra incêndio e pânico na edificação (imóvel) em questão, será solicitado uma vistoria junto ao Corpo de Bombeiros.

A vistoria tem o objetivo de certificar presencialmente que a edificação possui as exigências mínimas de prevenção e combate a incêndio e pânico. Confirmadas estas informações, o Corpo de Bombeiros fornece o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) com validade de 5 (cinco) anos.

Portanto, para estar em dia com a legislação, as edificações que precisam do AVCB devem contratar um profissional que irá orientar, elaborar e apresentar o projeto ao Corpo de Bombeiros e assegurar de que o mesmo seja executado de acordo com as normas para que não haja transtornos para conseguir o AVCB.

Nós, das Engenharias do UNILAVRAS, após uma pequena especialização estaremos aptos para elaborar qualquer projeto de sistemas de combate a incêndios e conseguir o AVCB junto ao Corpo de Bombeiros.

Fonte : ELIAS JOSE SILVERIO ALUNO* DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO UNILAVRAS

*sob orientação do coordenador do curso, Alan Pereira Vilela.

Cursos de qualificação !

  Veja Mais
Exibindo de 1 a 4 resultados (total: 135)